Ads Top

Kobayashi Maru

Kobayashi Maru
Em livros, filmes e séries é muito interessante observar certas premissas, condições ou mitologias criadas para seu universo. Na franquia Star Trek existe um teste chamado Kobayashi Maru, este inclusive se tornou um termo que é recorrentemente utilizado entre os fãs ou aqueles que são familiarizados com a série para descrever um cenário sem vitória.

Kobayashi Maru

O Kobayashi Maru é uma espaçonave fictícia, usada em um simulador para treinamento no universo de Star Trek que foi projetado para testar o caráter de cadetes da Academia da Frota Estelar em um cenário sem qualquer chance de vitória, sim a vitoria é literalmente impossível. O teste Kobayashi Maru foi descrito pela primeira vez em cenas do filme "Star Trek II: A Ira de Khan" (1982) o conceito também aparece no filme Star Trek de 2009, mas é melhor abordado no filme de 1982. O roteirista Jack B. Sowards é creditado por ter inventado o teste.

O Teste

O exercício que aparece no filme "Star Trek: A Ira de Khan". Kobayashi Maru é um cargueiro que transporta 300 pessoas, avariado esta localizado na Zona Neutra Klingon, qualquer nave da Frota que entrar na zona causaria um incidente interestelar. O cadete deve decidir se realiza o resgate da tripulação da Kobayashi Maru - pondo em risco sua próprio nave e vidas - ou abandona a Kobayashi Maru para uma destruição que é certa. A jovem tenente vulcana Saavik que comanda a Enterprise decide resgatar o Kobayashi Maru, que é vista por klingons e é destruída por torpedos fotônicos.

Agora sabemos que objetivo principal do exercício é resgatar a embarcação civil Kobayashi Maru em uma batalha simulada com o Klingons. Se o cadete escolhe a tentativa de resgate, a simulação é projetada para garantir que a nave seja destruída com a perda de todos os membros da tripulação. Mas não é retratado nos filmes as possíveis consequências de rejeitar o pedido de resgate. Estes foram discutidos com profundidade em jogos de videogames e livros ou mesmo entre fãs, que incluem motim da tripulação por deixar civis à mercê do Klingons para a morte certa; Violações da política da Frota Estelar sobre negar a prestação de ajuda a naves em dificuldades; ou o peso na consciência do cadete causada por recusar-se a prestar ajuda. Este teste coloca o cadete em uma situação em que os avaliadores possam observam sua liderança e o processo de tomada de decisão ética, ou seja é um teste de caráter.

Ao aprendermos sobre o cenário Kobayashi Maru descobrimos que James T. Kirk foi o único cadete na história da Frota Estelar que venceu o teste reprogramando a simulação de modo que era possível ganhar, pois o ele não acreditava em uma situação de não haver possibilidade de vencer.

Nenhum comentário:

Cada comentário é apreciado, mas tenha em mente que os comentários são moderados e podem levar algum tempo para aparecer. Todos os comentários de spam serão excluídos.

Tecnologia do Blogger.