Ads Top

Olá, Blogger!

Venho compartilhar minha experiência de migração de meu blog em Wordpress para o gratuito e pouco personalizável Blogger. Sem dúvida essa movimentação é algo fora do comum e que pode ser inconcebível para a maioria das pessoas no começo até mesmo eu achei que não seria possível, já que utilizo o Wordpress há mais de 10 anos.

Tudo começou logo após receber um e-mail de um amigo buscando um serviço para hospedar seu site principal sugeri que ele usa-se o Blogger usando um domínio e um tema personalizado (inclusive ele já o utiliza para seu blog). Recebi seu e-mail em um momento de profunda irritação com a empresa que hospedava meu blog, pois eles simplesmente extinguiram o plano que utilizada e migraram para um novo com "varias possibilidades", nem preciso dizer que aumentaram o valor em quase 100%, afinal esse novo plano tem serviços "incríveis" que não utilizo e jamais vou utilizar. Fui comunicado sobre a mudança forçada supostamente pelo próprio CEO (e-mail automático) em uma mensagem extremamente ridícula que estava repleta de técnicas usadas em MMN com direito até a historinha, posso dizer que isso me deixou realmente revoltado, mas pouco eu podia fazer no momento, já que precisava manter o site no ar, porém esse acontecimento acabou despertando uma serie de questionamentos que se tornariam ações concretas meses depois.

Eu me perguntava "Porque estou pagando por algo que não utilizo e nem vou utilizar nem mesmo 10% de seus recursos?" (Se usa-se estaria passando raiva, pois sabemos que as hospedagens não entregam realmente o que prometem). O e-mail de meu amigo foi muito oportuno e posso dizer que foi  o estopim para migrar para o Blogger, pois mesmo a plataforma sendo limitada ela atende tudo o que necessito no momento e além disso não vou mais precisar me preocupar com pagamentos, espaço ou mesmo indisponibilidades. Posso dizer que meu blog na maior parte do tempo é sobre postar e divulgar projetos open-source que utilizo ou mesmo crio, além é claro de alguns textos aleatórios, para se manter nunca exigiu recursos extraordinários, claro que essa condição pode vir a ser diferente para outras pessoas.

Tendo dito isso e explicado os motivos sabemos que nem tudo são flores, afinal o Wordpress tem inúmeros recursos plugins que poderão fazer falta daqui em diante, tentei minimizar ao máximo tudo que seria vital para meu projeto, acredito que seja necessário realizar mais alguns ajustes ao longo da semana. Abaixo compartilho algumas das ações tomadas em forma de notas:

Considerações:
  1. Tema: O calcanhar de aquiles do Blogger quando comparamos diretamente com o Wordpress, mas hoje é possível encontrar alguns temas grátis ou até mesmo pagos que conseguem deixar um ar mais profissional para o Blogger, alguns dão certo trabalho para configurar nada que seja tão difícil, no rodapé do blog você encontra o endereço do site onde peguei o meu gratuitamente.

  2. Tags e Categorias: Tive que adaptar a questão de "Tags" e "Categorias" no Blogger são utilizados Marcadores, então as categorias que seriam as principais foram colocadas no menu e agora estou usando no máximo 3 marcadores para os posts, por exemplo: as postagem em Devlog de artistas contém a tag Libre Graphics. Atualmente, o Blogger suporta apenas um nível de agrupamento. A única maneira que você pode fazer subgrupos de marcadores é adicionar duas categorias a cada post - um para a categoria “principal”, e um para a categoria "menor" desta forma consigo manter alguma organização.

  3. Permalink*: Este não tem jeito você vai perder, pois a estrutura do Blogger usa "/ano/mês/(titulo).html" Você pode minimizar o problema utilizando o redirecionamento para links mais acessados, mas advirto que a ação não é automatizada o cadastro é feito individualmente de link a link. 

  4. Importação de conteúdo**: Eu utilizei a ferramenta Wordpress2Blogger para converter o arquivo xml do Wordpress para que fica-se compatível com o Blogger, lembrando que ele só consegue importar os posts, paginas e comentários quaisquer imagens ou arquivos não serão importados. Para minimizar este problema você pode exportar seu xml completo do Wordpress em uma conta gratuita no site https://wordpress.com/ e importar o conteúdo do blog lá e depois exportá-lo para usar no Blogger, desta forma, as imagens serão mapeadas por este endereço, só lembre de deixar seu blog privado durante a importação e ajustes, pois senão os buscadores vão encontrar arquivos duplicados e irão punir seu site, depois de tudo ajustado delete os posts deixando apenas a mídia (imagens) e torne ele público novamente. (Este passo é importante porque a hospedagem vai excluir seus arquivos e você vai perder todas as imagens que estão lá.)
* Algo que acabei não prestando atenção foi que permalink de links muito grandes o Blogger automaticamente faz cortes e não aceita certas palavras alguns links acabaram nomeados de maneira não adequada, mas você pode alterá-los posteriormente revertendo o post para rascunho e digitando o link permanente manualmente separando as palavras com "-" traço.

** Quando importar o blog no Blogger desmarque a opção "Publicar automaticamente todas as postagens e páginas importadas" desta forma você pode fazer o ajuste necessários antes de colocar seu blog no ar.

Achei melhor separar o texto em varias partes e no próximo devo publicar como fazer a configuração de CNAMEs que será bem útil caso você utilize domino próprio como é o meu caso.

Nenhum comentário:

Cada comentário é apreciado, mas tenha em mente que os comentários são moderados e podem levar algum tempo para aparecer. Todos os comentários de spam serão excluídos.

Tecnologia do Blogger.