Ads Top

É salgadinho de barata mãe?

Esta semana ao passar em frente a uma lanchonete dentro do terminal de ônibus vi alguns pacotes de Ebicen de camarão.Veio a lembrança de quando era criança e na época que esta iguaria só era encontrada em botecos especializados, muitos falidos hoje.

Ebicen
Na fase infanto juvenil eu era limitado a fazer compras no bairro como todas as outras crianças da época, com poucos cruzeiros (veja: "trocas de moedas no Brasil") no bolso, era os mesmos miseráveis 30g, a sempre presente imagem do camarão e o preço caro, não muito perceptível para um moleque.

Veio a maldita e imediata vontade consumista, percebi que este salgadinho continua caro! tive que sacar R$ 1.50 da carteira, apôs o pagamento fui surpreendido pela questão de uma criança me olhado com cara de nojo, puxando o braço da mãe e perguntando "É salgadinho de barata mãe?". Fico pensando quantos possíveis clientes não foram perdidos pela repulsa que esta embalagem causa (camarão é um bixo feio), isto é bom para as crianças no primeiro momento, pois não vão consumir estes causadores de gastrites desta empresa mas claro que vão consumir de outras que primam por um design de embalagens mais elaborados, criar uma linha de produtos com outra embalagem com o mesmo produto na minha opinião é burrice, pois existe mais gasto, muitas linhas de salgadinhos são consumidos ambos por crianças, adolescentes e adultos sem ter linhas especificas. Vou mandar um email para saber a posição deles, vamos ver se respondem mas eu acho difícil.

Por fim eu comi o salgadinho de (barata) camarão e por sinal continua muito bom, crocante e saboroso, diz a lenda que o consumo em demasia causava alucinações, naquela época ele era frito, o que poderia ser verídico "imagine os caldeirões cheio de óleo", mas nunca conheci alguém que sofrido tal efeito como disse este salgadinho sempre foi caro "Só não é tão caro quanto a Batata Pringles". Eu que não vou comprovar esta teoria pagando um alto valor por dezenas de míseros 30G de causadores de gastrite, e agora ele é "Torrado, não é frito" viu, então o efeito alucinógeno nem existe mais :)!

Fica um aviso cuidado com estômago se for consumir estas porcarias.

3 comentários:

  1. noooooooooooooo caaaaaraaaaaaaa!!!
    me lembro de comer isso qndo era mto pqno! passei a vida lembrando dele e ha pouco tempo q fiquei sabendo q inda existe! mas inda naum encontrei pra compra... heheh puta q vontade! hehe
    akele tempo eu naum fazia desenho industrial, logo naum me preocupava muito a embalagem heheh agora me incomoda um poco... hehe
    antes morava em sp.. ai eh muito mais popular.. agora to morando em curitiba... ninguem conhece!! heheh
    enfim... vou continua procurando.. heehheheheh
    mto bom o texto..!

    ResponderExcluir
  2. Caramba cara, nunca ouvi falar deste negocio, ate agora,hoje vi numa foto de uma menina muito inteligente no orkut,quando ela era menininha comendo este treco ai fiquei curioso e resolvi procurar e descobri que isto era consumido por criancas nos anos 90.
    Bem sou de Visconde do Rio Branco MINAS GERAIS, e nunca se quer ouvi falar dsto ai
    Ate mais gente


    washington valerio de souza 23/09/2010

    21:06 PM

    ResponderExcluir
  3. Eu lembro de minha época de infância quando ia na mercearia do Nagata na rua Marechal Deodoro em Araçatuba e via esta embalagem na prateleira, sempre comia. mto bom.

    ResponderExcluir

Cada comentário é apreciado, mas tenha em mente que os comentários são moderados e podem levar algum tempo para aparecer. Todos os comentários de spam serão excluídos.

Tecnologia do Blogger.